sábado, 25 de fevereiro de 2012

Traje do noivo...

Olá queridas,

          Não sei se já falei para vocês, mas meu namorido é gaúcho. 
             Como o nosso casamento será informal e a cerimônia vai ser realizada em um dos CTG's daqui (Centro de Tradições Gaúchas), ele optou por usar as roupas tradicionais do Rio Grande de Sul. 
          Eu achei lindo, por que gosto bastante da tradição e também porque sei que ele ficará imensamente feliz em se usar esse traje. 
          O problema é que não encontrei em Brasília alguém que faça essa roupa. Consegui o contato de uma moça em Formosa, mas eles só alugam e ela ficou de pegar para mim o telefone da costureira, mas até hoje nada. 

Olha o amor aí...



Essa foto de baixo foi tirada na visita dos sogros em Novembro passado, Sr. Hipólito e Sra. Varlana.


    

       Agora estamos em um empasse daqueles, pois ele não vai tirar férias antes do casamento para poder ir ao Sul e não sei o que fazer. 
   Estamos na expectativa de ter algum feriado ou algo parecido para ele poder ir lá, tirar as medidas e mandar fazer a roupa. 
     Se não der certo, vamos ter que alugar mesmo, mas aí será um modelo mais simples e não aquele tradicional dos gaúchos da fronteira. 
    Se alguém puder nos ajudar e souber de alguma costureira que faça roupas gaúchas, me ajudem por favor, praticamente só falta isso e temos 4 meses apenas para o casório.

Bj. 

Até mais.


domingo, 19 de fevereiro de 2012

Kit divertido...

Olá moças, 


       Já que estamos no carnaval vou falar sobre o kit divertido para pista dança. Aqui em Brasília é comum nas festas de casamento, distribuir aos convidados que estão na pista de dança, alguns itens divertidos para animar a festa. 





     Achei vários kits na internet, com produtos variados e em maior quantidade do que comprei, mas como tenho um Taguacenter em minha vida, achei melhor comprar pessoalmente, pois nos sites só podíamos escolher os itens depois de pagar e fiquei temerosa que eles não fossem de boa qualidade.













    Comprei minhas coisinhas na Labelle Festas, dentro do Mercado Norte, que também fica no Taguacenter. As tiaras são bem bonitinhas enfeitadas com frufru, corações, borboletas e estrelas, os óculos são metalizados, os marabus são com brilho e comprei também gravatas, colares e  pulseiras de neon, colares havaianos, máscaras de papel  metalizadas e eu tinha aqui em casa alguns narizes de palhaço. 
    Para os noivos comprei mais algumas coisas como uma máscara diferenciada, uma cartola, dois "gelinhos" de neon, que poderão ser colocados dentro do copo de bebida, sem problema e também usaremos alguns dos itens que falei anteriormente. Gastamos R$137,00 em produtos de ótima qualidade, contando com as pulseiras de neon, que vem em um tubo com 100 unidades, foram mais de 220 itens.







     Meu dilema é como fazer a entrega desses acessórios. Fui em um casamento uma vez em que os convidados avançavam na recepcionista que estava distribuindo os coisas, puxando, quase se matando para pegar os brindes. Achei aquilo muito horroroso. 
   Pensei em montar pequenos kit e já entregar em um pacotinho junto com as lembranças na chegada dos convidados, mas como eles não vão direto para as mesas, pois teremos a cerimônia do lado de fora, penso que seja inconveniente eles ficarem segurando isso. Pensei também em entregar na entrada para o salão, mas daí todo mundo vai  entrar de uma vez e não sei se a recepcionista dará conta de todos sozinha.










        A outra opção é distribuir na pista de dança, mas gostaria que cada um, inclusive as crianças, recebesse pelo menos um item, mas tem sempre aquelas pessoas que querem pegar todos rsrsrsrs. 
    Tenho também a possibilidade de pedir para a recepcionista distribuir nas mesas, aquele pacotinho com os acessórios e as lembrancinhas, assim matamos dois coelhos um uma cajadada só. Tenho que pensar na melhor forma.












 Bom, por hoje é só.  Beijocas e bom carnaval.




quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Som na caixa Dj...

Oi Fofetes,


             Hoje vou falar sobre a escolha do dj. Fiz vários contatos por email com alguns djs e empresas de som, mas foi em uma das minhas idas e vindas ao Taguacenter que vi um cartãozinho de um dj que estava em uma loja.  Daí peguei o cartão, liguei para ele, trocamos emails e marquei para ele vir aqui em casa.
             Quando ele chegou, me lembrei que o conhecia de vista do tempo que eu era adolescente, então já fiquei mais tranquila porque sabia que desde aquele tempo, rsrsrsrs, ele já era dj.
            Ele mostrou fotos de festas, conversamos bastante e depois de algumas semanas resolvemos fechar com ele.
           No espaço do salão tem muitas vigas, então optamos por não contratar aquelas estruturas de metal. Serão usados apenas pedestais. O pacote inclui:



  • QUATRO CAIXAS DE SOM SENDO 2 GRAVES E 2 TREWAY;
  • PEDESTAL DE ILUMINAÇÃO COM 3 LASERS E ESTROBO;
  • DOIS SPUTINIKS QUE SÃO AS ESTRELAS INFLÁVEIS;
  • 2 MICROFONES SEM FIO;
  • MÁQUINA FUMAÇA;
  • E O MESA DE MIXAGEM COM DJ E UM AUXILIAR.





          O valor ficou em R$500,00. Pagamos metade no dia do fechamento do contato e o restante pagaremos na data do evento. 
            Como teremos a cerimônia civil na área externa do salão, ele vai colocar umas caixas do lado de fora, assim como um microfone sem fio. Do início da cerimônia ao término do evento serão 7 horas de serviço. Início previsto para às 20:00 h e término para às 3:00h. Acho que tá bom né? Vamos abrir a pista de dança bem cedo, isso que dizer que teremos muito tempo para dançar.
            Nós vamos escolher as músicas da cerimônia e o restante vai ficar por conta do Dj Ricado Rezende  mesmo, decididamente não tenho paciência para escolher músicas.  Só vamos escolher os ritmos.

Bom, por hoje é só. Estou com pouquíssimo tempo, por isso tenho demorado a fazer novos posts.

Beijocas e até mais.

         

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Móbiles...

Oi pessoas,


      Como havia prometido, estão aí as fotinhas dos móbiles.
     Já fiz os 50. Rsrsrsrs. Até que foi rápido, pensei que fosse demorar mais. 



 


        A parede da minha casa é bem discreta né? Alaranjado com purpurina, acho que agora vocês entenderam porque minha decoração será alaranjada com branco. Adoro. 




    
      Cada móbile tem 6 tsurus, com cores alternadas. São presos com fio de nylon e entre um e outro para segurar dou aquele famoso "nó de rabiola" de pipa, sabe qual é? Esse aí ó.





    
    Na ponta coloco um clipe que serve para encontrar a pontinha facilmente, prender as asas dos tsurus deixando os móbiles fechados, pois só serão abertos no dia e também serve para pendurá -lo nos locais.



 







    Você também pode colocar miçangas entre um e outro, como na foto do post anterior, é que as que eu tinha aqui, não combinavam. 
    Eu já havia feito outras vezes para enfeitar a casa ou dar para amigos. 
     Fica bem legal com tsurus de cores diferentes e também já havia ensinado meus alunos algumas vezes. Tenho certeza que vai ficar lindo no meu casório. Dando os créditos à minha amiga Nitiana, que foi quem me ensinou a fazer os tsurus e os móbiles quando nos conhecemos, na faculdade em 2001 e somos amissíssimas até hoje.



   Vou deixar um recadinho no banheiro avisando aos convidados que quem quiser, pode levar um móbile para casa ao final da festa.

Por hoje é só, voltei a trabalhar e tenho aulas e atividades para montar...agora é correria total. 

Beijocas.